0800-717-7728
Seg-Sex 8:00h as 20:00h
Sáb 8:00 as 14:00

Mercado de crédito no Brasil: é um bom momento para pegar um empréstimo?

Mercado de crédito no Brasil é um bom momento para pegar um empréstimoDesde 2014, a crise econômica domina o cenário brasileiro com notícias sobre desemprego, crescimento da inflação e aumento dos preços ao consumidor. Você provavelmente já sentiu os impactos dela no próprio do bolso, não é mesmo?

Em um momento como esse, quitar dívidas ou mesmo juntar dinheiro para fazer uma compra ou viagem pode ser complicado. Com isso, muitos pensam em recorrer ao empréstimo pessoal. Mas será que essa é mesmo uma boa hora para fazer um empréstimo?

É exatamente isso que responderemos no post de hoje! Continue lendo e entenda como está o mercado de crédito no Brasil!

Como está o mercado de crédito no Brasil

A previsão para 2017 é que o mercado de crédito no Brasil cresça 2% em relação ao ano passado. Essa melhora está prevista depois de uma queda de 3% em 2016, primeira vez que ficou no vermelho desde 2007.

Mesmo com a expectativa de melhora, os bancos seguem com cautela na hora de ceder empréstimos e financiamentos, fazendo com que o saldo geral desses serviços continue entregando um resultado pior que a inflação.

Esse cenário de incertezas, somado à instabilidade política no país de 2016, inibiu o brasileiro de tomar crédito, para não se endividar. Estamos saindo de um ano em que houve retração na economia para um crescimento previsto pelo Banco Central de 0,8% no PIB.

Mesmo que ainda engatinhando para retomar sua atividade econômica, isso representa uma mudança na dinâmica do mercado de crédito no Brasil, com perspectivas para que em 2018 o país cresça ainda mais.

Mas então, devo fazer um empréstimo pessoal?

A resposta é: depende. Com o atual cenário do mercado de crédito no Brasil, conforme falamos, bancos e grandes instituições estão receosos com o mercado, fazendo com que a melhor opção para fazer um empréstimo pessoal agora seja com as financeiras.

Para quem tem dívidas ou quer fazer uma compra de valor um pouco maior ou limpar o nome, essa, sem dúvidas, é a melhor opção para conquistar seus objetivos. Para que você faça um empréstimo com mais confiança, separamos algumas dicas:

  • Faça seu planejamento financeiro: apesar de estar começando a se recuperar, a economia brasileira ainda está instável. Por isso, antes de pegar um empréstimo, é preciso fazer um bom planejamento financeiro e ver como estão suas finanças. Isso te mostrará se você conseguirá arcar com as parcelas para quitar o empréstimo pessoal, além de te ajudar a enxergar como esse dinheiro poderá ser útil agora;
  • Pesquise bem as condições de mercado: com as financeiras, mesmo que você esteja endividado, é possível fazer um empréstimo pessoal para quitar as dívidas. Contudo, pesquise condições no mercado e procure uma empresa idônea.
  • Faça um empréstimo pessoal online: é possível fazer um empréstimo sem sair de casa, com a mesma segurança com que esse processo é feito nos bancos. A avaliação do seu perfil é feita de forma rápida e sem burocracia, e você recebe o dinheiro em poucas horas após a aprovação. Além disso, antes de fazer o empréstimo pessoal, será possível simular condições e ver qual será a melhor para o seu bolso, de acordo com seu planejamento financeiro.

 

Leia mais

Qual é o melhor serviço de crédito para você?

Dicas de segurança ao solicitar empréstimo pessoal


Qual valor do seu empréstimo?
R$
Em qual prazo?
días
Valor do empréstimo
R$
Data do último pagamento
Parcela mensal
R$

Informações adicionais do produto: o prazo de pagamento mínimo é de 3 meses e o máximo de 12 meses e o Custo Efetivo Total (CET) pode variar de 294% a 5050% ao ano. Exemplo: Empréstimo de R$3.000,00 para pagar em 12 meses. Total de 12 parcelas de R$487,38 com valor total a pagar de R$5.848,56; IOF de R$11,20; tarifa somente para o primeiro empréstimo de R$79,00; taxa de juros de 11,7% a.m.; taxa de juros anual de 621,38% a.a. e CET de 277% a.a.