0800-717-7728
Seg-Sex 8:00h as 20:00h
Sáb 8:00 as 14:00

Por que eu tive meu pedido de crédito recusado?

Por que eu tive meu pedido de crédito recusado?Você está precisando de dinheiro, fez um pedido de crédito e ele foi recusado. Motivo o suficiente para se sentir frustrado, certo? Contudo, um pedido de crédito recusado pode te dizer muita coisa sobre suas finanças, e que poderá te ajudar a ter uma resposta diferente no futuro.

Existem vários motivos pelos quais uma instituição financeira possa recusar um pedido de crédito, seja ele consignado, empréstimo pessoal ou um financiamento. Geralmente, não sabemos os motivos das instituições não aprovarem a solicitação.

Para te ajudar a entender, separamos abaixo algumas das principais razões pelas quais isso acontece. Acompanhe e descubra qual é o seu caso!

Avaliando seu pedido de crédito recusado: nome sujo?

O primeiro e mais óbvio motivo para que você tenha um pedido de crédito recusado é ter o nome sujo. Isso é válido principalmente para financiamentos, imobiliários ou de automóveis, já que no caso de empréstimos pessoais com financeiras é possível ser aprovado mesmo com o nome incluso em um bureau de crédito, por exemplo, Serasa e Boa Vista.

Nome limpo mas dados desatualizados ou incompletos?

Seu nome está limpo ou você limpou ele antes de fazer a solicitação, mas ainda teve seu pedido de crédito recusado. Depois do nome sujo, um dos principais motivos para essa recusa é o fornecimento de dados desatualizados ou incompletos.

É de extrema importância que, na hora de fazer seu pedido de crédito, você informe seus dados corretos. Veja se alguma das informações não foi enviada com algum erro. Seu CPF, informações sobre renda, conta bancária e endereço são algumas das mais importantes.

Jamais use dados de terceiros para fazer seu pedido. As instituições financeiras possuem sistemas que avaliam as informações que você fornece com precisão e certamente encontrarão alguma incongruência.

Tudo certo com os dados, mas e o histórico de pagamento?

Outra coisa avaliada pelos sistema das instituições financeiras é o seu histórico de pagamento. Não sabe o que é isso? A gente explica: o histórico de pagamento é o registro que os bancos possuem do seu pagamento de contas ao longo dos anos.

Você tem deixado muitas contas em atraso e pagado após o vencimento? O banco sabe disso e um histórico como esse não é vantajoso para mostrar que você é capaz de arcar com as parcelas do seu pedido de crédito.

Paga suas contas em dia e quer um empréstimo alto?

Um pedido de crédito recusado pode acontecer também por causa do valor que foi solicitado. Pode ser tentador pedir um empréstimo alto ou um financiamento para pagar aquela casa dos sonhos, mas será que isso vai caber no seu bolso?

As instituições financeiras têm uma forma de fazer essa análise e saberão quando o valor do pedido estiver muito acima das suas condições. Além disso, é importante também que as parcelas do empréstimo ou financiamento não comprometam mais do que 15% da sua renda mensal.

Seu perfil financeiro está ok, mas e o do Brasil?

Por último, existem algumas coisas sobre as quais você não possui muito controle. Em períodos de recessão na economia, como o que vivemos atualmente, é normal que os bancos restrinjam alguns serviços, aumentando o número de pedidos de crédito recusados.

Mas não se desespere! Em momentos como esse ainda é possível conseguir um empréstimo pessoal online, com grandes financeiras do mercado. Esse tipo de serviço ainda te dá a grande vantagem de fazer sua solicitação sem sair de casa e ter o crédito, quando aprovado, na sua conta em bem menos tempo.

 

Leia mais

Quais os principais tipos de serviços financeiros online?

Preciso de dinheiro urgente. E agora?


Qual valor do seu empréstimo?
R$
Em qual prazo?
días
Valor do empréstimo
R$
Data do último pagamento
Parcela mensal
R$

Informações adicionais do produto: o prazo de pagamento mínimo é de 3 meses e o máximo de 12 meses e o Custo Efetivo Total (CET) pode variar de 294% a 5050% ao ano. Exemplo: Empréstimo de R$3.000,00 para pagar em 12 meses. Total de 12 parcelas de R$487,38 com valor total a pagar de R$5.848,56; IOF de R$11,20; tarifa somente para o primeiro empréstimo de R$79,00; taxa de juros de 11,7% a.m.; taxa de juros anual de 621,38% a.a. e CET de 277% a.a.