Como posso pagar o empréstimo pessoal?

Fazer um empréstimo pessoal online para consolidar os débitos e se ver livre das dívidas é uma opção válida. Mas depois de usar o dinheiro para pagar dívidas do cartão de crédito e outras contas, é preciso pensar: como posso pagar o empréstimo pessoal? Afinal, depois de quitar suas dúvidas, este é o único obstáculo entre você e a independência financeira, e é preciso se planejar para chegar até lá.

Abaixo estão alguns dos melhores métodos para pagar seu empréstimo o mais rápido possível e se ver totalmente livre de débitos! Continue lendo e aprenda conosco.

1. Faça pagamentos bi-semanais

Envie metade dos pagamentos ao seu credor a cada duas semanas em vez do pagamento mensal regular. Isso vai te ajudar com três coisas:

  • Menos juros acumulados, porque seus pagamentos serão aplicados com mais frequência;
  • A cada ano do empréstimo você pagará uma parcela extra. Isso porque temos 52 semanas por ano, o que equivale a 26 pagamentos a cada duas semanas. Assim, em um ano, você estaria pagando o equivalente a 13 parcelas, em vez de somente 12;
  • Fazer isso durante o período do empréstimo vai reduzir o tempo que você leva para quitá-lo.

Certifique-se de discutir isso com seu credor antes de fazer pagamentos bi-semanais, para garantir que você tenha os descontos cabíveis e os juros reduzidos.

2. Arredonde seus pagamentos em seu empréstimo pessoal

Arredondar seus pagamentos é uma maneira fácil de pagar extra sem sequer perder os fundos. Assim como fazer pagamentos bi-semanais, você não precisa de muito dinheiro extra para bater alguns meses após o prazo do seu empréstimo.

Por exemplo, se o seu pagamento automático é de R$ 264,12, você pode optar por arredondar para R$ 300, o que é um extra de R$ 35,88 por mês. Após 12 meses, isso representará um adicional de R$ 430,56 (ou quase dois pagamentos adicionais).

Você poderia até dar um passo adiante e superar seus pagamentos em R$ 50 ou R$ 100 por mês. Ao longo do tempo, isso equivale a um montante significativo, o que te ajudará a poupar dinheiro em juros e encurtar o prazo do seu empréstimo.

3. Procure formas de conseguir renda extra

Quem tem um tempinho extra sobrando, pode achar na internet diversas formas de fazer uma renda extra. Seja vendendo coisas que você não usa mais pelo OLX ou mesmo trabalhando como Uber, para quem tem carro, fazer um dinheirinho extra pode ser o que faltava para quitar o empréstimo pessoal mais rápido.

Embora no início a renda extra apareça em pequenas quantidades e não pareçam ajudar muito, elas definitivamente vão se se somar ao longo do ano e poderão representar uma grande diferença no pagamento das suas dívidas.

4. Faça um pagamento extra

Se você não tiver o fluxo de caixa para se comprometer com pagamentos bi-semanais, você pode obter o mesmo resultado fazendo um pagamento extra por ano. Use o dinheiro de um reembolso de imposto de renda ou do 13º salário para ajudar a pagar seu empréstimo pessoal mais rápido.

Ou você pode dividir seu pagamento mensal em 12 e adicionar esse valor a todos os pagamentos futuros. Por exemplo, você pode dividir o valor da sua parcela de R$ 264,12 por 12 e adicionar o resultado (R$ 22,01) a cada pagamento. Cada pagamento seria aumentado para R$ 286,13, igualando um pagamento extra por ano.

Pagar o seu empréstimo pessoal antecipadamente poupará dinheiro em juros e diminuirá o prazo geral do empréstimo. Imagine o que você poderia fazer com seu dinheiro extra: economizar para aposentadoria, fazer melhorias em casa ou quem sabe uma viagem.

Há muitos benefícios para pagar seus empréstimos cedo, mas um dos maiores é menos estresse e menos risco! Por isso, escolha sua estratégia e comece agora mesmo!