O que é cadastro positivo e como ele melhora o acesso ao crédito?

O que é cadastro positivo e como ele melhora o acesso ao créditoQuando você vai solicitar a abertura de uma conta em banco, crediário em loja ou mesmo um crédito pessoal, bancos e varejistas fazem uma avaliação do seu perfil financeiro.

Contudo, eles só possuem acesso às informações do seu cadastro negativo. Isso significa que eles conseguem ver se alguma empresa já colocou seu CPF no cadastro do SPC ou Serasa devido a alguma dívida não paga, mas não todas as vezes que você fez pagamentos em dia.

É para isso que foi criado o cadastro positivo.

Mas o que é cadastro positivo e como ele melhora o acesso ao crédito? É sobre isso que falaremos hoje! Continue lendo e descubra!

O problema do cadastro negativo

Até 2011, só era permitido para empresas compartilhar informações sobre seus clientes inadimplentes. Ou seja, você deixava de pagar uma conta e seu nome poderia acabar “sujo”.

Contudo, quem tinha um histórico de bom pagador não possuía a mesma “propaganda”. Se você pagava suas contas em dia e tinha um bom perfil de crédito, esses dados ficavam restritos ao seu banco.

Dá para imaginar, portanto, como isso dificultava a avaliação do perfil de cada pessoa para cessão de crédito ou outros produtos financeiros.

Caso você deixasse de pagar uma conta, por qualquer eventualidade, e seu nome acabasse no SPC, todo seu histórico de bom pagador seria simplesmente descartado, fazendo com que seu limite de crédito fosse reduzido ou que as instituições financeiras não aceitassem a sua solicitação de crédito.

A solução, então, foi estabelecer o compartilhamento dos dados positivos de cada CPF. Mas, exatamente, o que é cadastro positivo?

O que é cadastro positivo? E como funciona?

O cadastro positivo é o registro de todo seu histórico de bom pagador. Ou seja, não só empresas e bancos podem passar informações sobre suas contas e pagamentos, como também poderão contar a outras empresas o quão bom pagador você é.

Tudo isso ficaria registrado no sistema do Serasa para que outras instituições tenham acesso e possam consultar para fins de concessão de crédito.

Com isso, a análise de crédito se tornaria mais precisa e justa, o que poderia reduzir os juros oferecidos pelo mercado, as instituições financeiras teriam mais dados positivos sobre o solicitante para tomar a decisão se concederá o crédito, podendo ajudar a vida de quem precisa de dinheiro urgente.

O que a lei diz sobre o cadastro positivo

Agora que você já sabe o que é cadastro positivo, vale dizer que ele ainda não é obrigatório. Atualmente, a >Lei 12.414, é quem rege suas premissas e:

“disciplina a formação e consulta a bancos de dados com informações de adimplemento, de pessoas naturais ou de pessoas jurídicas, para formação de histórico de crédito (…).

A abertura de cadastro requer autorização prévia do potencial cadastrado mediante consentimento informado por meio de assinatura em instrumento específico ou em cláusula apartada”.

Ou seja, ela permite que empresas compartilhem as informações de adimplentes (quem paga suas contas em dia), porém apenas sobre aqueles clientes que autorizaram a coleta dos dados por meio de um cadastro direto dos seus CPFs no site com o Serasa.

Contudo, está em votação no Senado a lei complementar nº 441/2017 que amplia o cadastro positivo para todo cidadão brasileiro. Ou seja, você não precisará mais se cadastrar — bancos, lojas e outras empresas poderão compartilhar seu histórico para que outras instituições tenham acesso e consigam realizar análises de crédito melhores.

Quem quiser que seu cadastro seja cancelado, ainda poderá fazer isso junto ao Serasa. Porém, os benefícios para quem continuar com o cadastro positivo serão inúmeros, começando pela possibilidade de ter acesso a condições de crédito mais justas.

Contudo, enquanto o projeto de lei complementar não entra em vigor, aproveite que você já sabe o que é cadastro positivo e seus benefícios e faça o seu de uma vez! Entre no site do Serasa Consumidor e cadastre seu CPF agora mesmo!