Mora sozinho? O que fazer para evitar endividamento

Mora sozinho O que fazer para evitar endividamentoSegundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), já são mais de 10 milhões de brasileiros que moram sozinhos. Esse é um ótimo número, já que mostra que mais pessoas estão buscando sua independência.

Contudo, uma pesquisa sobre endividamento realizada pelo SPC Brasil em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revelou um outro número preocupante: desses 10 milhões, 66% não fazem um planejamento financeiro para controlar o dinheiro.

Se identificou com a situação? Se você já mora ou pretende morar sozinho, continue lendo conosco e veja como evitar o endividamento nessa fase da sua vida!

Por que quem mora sozinho se endivida?

Ainda segundo a pesquisa citada acima, um dos principais motivos que os entrevistados deram como justificativa para a alta taxa de endividamento (49%) de quem mora sozinho é não ter ninguém para dividir as contas.

De fato, esse pode ser um problema. Quem mora sozinho sabe que gastos como aluguel, condomínio, TV, internet, luz e outros vão inteiramente para seu bolso. É por isso que, em segundo lugar como o vilão de quem mora sozinho veio a falta de planejamento, com 25% dos entrevistados citando esse motivo.

41% ainda responderam que não falta nem sobra dinheiro no fim do mês. Outros 41% disseram ter ficado inadimplente com alguma conta nos últimos 12 meses e 62% dizem ainda estar devendo. São números um pouco preocupantes, que podem desanimar quem busca uma vida independente.

Mas a boa notícia é que, com um pouquinho de dedicação, é possível fazer o sonho de morar sozinho uma realidade sem dívidas.

Como evitar o endividamento?

O endividamento é o fantasma que assombra todo lar brasileiro. Porém, como vimos, ele costuma frequentar mais a casa de quem mora sozinho. Para evitar isso, é possível seguir algumas dicas que separamos abaixo para fugir das dívidas! Veja só:

1. Faça seu planejamento financeiro

Enquanto quase metade dos entrevistados falou que o grande problema do endividamento de quem mora sozinho é não ter ninguém para partilhas as contas, bem sabemos que isso poderia ser evitado com um pouco de planejamento.

O planejamento financeiro é parte fundamental da vida de qualquer pessoa que queira se ver livre das dívidas. Assim como uma empresa que quer ter bons lucros precisa controlar o chamado fluxo de caixa, você também precisa controlar o seu fluxo, anotando tudo que entra e sai da sua conta.

Somente assim você poderá enxergar onde está gastando mais do que devia (será que aquele almoço fora não poderia ter sido feito em casa?) e fazer cortes para que as entradas sejam sempre maiores do que as saídas.

2. Cuidado com o cartão de crédito

Ainda na pesquisa, 36% disseram ter, em média, R$1,5 mil de dívidas no cartão de crédito. Considerando as novas regras do rotativo do cartão, esse é um número preocupante, visto que os juros podem virar a famosa “bola de neve”.

Por isso, é preciso muito cuidado com tudo que você gasta no cartão de crédito. Essa é a maneira mais fácil de se endividar visto que o cartão é uma maneira prática e rápida de gastar. Se você não controlar bem tudo que paga no crédito, pode acabar perdendo muito dinheiro em juros.

3. Faça um empréstimo pessoal online

Mas se você já mora sozinho e, assim como 62% dos entrevistados na pesquisa, sofre com o endividamento, uma boa saída é pedir um empréstimo pessoal online. Rápido e sem burocracia, você pode fazer a solicitação pela internet e ter acesso ao dinheiro em até 48 horas, mediante análise de crédito.

Faça sua simulação agora e veja as condições!