Cadastro Positivo, veja o que você precisa saber!

Cadastro PositivoA lei do cadastro positivo foi aprovada pela câmara de deputados e agora só falta uma última etapa — a aprovação no Senado — para se tornar realidade. O objetivo da nova lei é tornar a análise de crédito e oferta de juros ao consumidor mais justa.

Mas o que você precisa saber sobre isso e como o cadastro positivo aprovado pode afetar sua vida? Continue lendo e aprenda tudo sobre a nova lei!

O que é cadastro positivo?

O cadastro positivo é o registro de bom pagador do consumidor brasileiro. Sempre que você fizer um pagamento em dia, contratar serviços de crédito e usá-los com responsabilidade, ganhará pontos que servirão para o mercado financeiro avaliar seu perfil e definir condições e taxas de juros.

Por que o cadastro positivo foi criado?

O cadastro positivo foi criado porque antigamente financeiras e bancos só possuíam os dados “negativos” do consumidor, ou seja, só conseguiam ver informações de quando você ficava inadimplente ou atrasava alguma conta.

Esse formato é maléfico ao consumidor de várias formas, afinal, sabemos que seu perfil financeiro é muito mais complexo do que uma ou outra conta atrasada. Todas as vezes que você paga boletos em dia e usa seu cartão de crédito corretamente, por exemplo, também devem contar pontos para compor seu perfil.

O que muda com o cadastro positivo aprovado?

Antes de ter o cadastro positivo aprovado, não era obrigatório para empresas e bancos com quem você faz transações financeiras compartilharem suas informações “positivas”.

Com a aprovação pela câmara e pelo senado, no entanto, isso muda. Todo CPF será incluído automaticamente no cadastro e seu perfil passará a ser composto também dessas informações. Anteriormente você tinha que solicitar a sua inclusão no Cadastro para que suas transações positivas começassem a serem reportadas.

Sou obrigado a manter meu cadastro positivo?

Não, ninguém é obrigado a manter seu cadastro positivo. Quando a lei passar a valer, você será informado pelo Serasa (responsável pelo sistema) e terá um prazo para solicitar a retirada do seu CPF do cadastro. Contudo, essa pode não ser uma boa ideia, e abaixo te explicamos o porquê.

Por que manter meu cadastro positivo?

Como falamos, o cadastro positivo aprovado tem como objetivo tornar a análise, oferta de juros e condições de crédito mais justa ao consumidor.

Isso porque, com mais informações disponíveis sobre como você lida com suas contas e com seu dinheiro, financeiras e bancos podem ter uma visão mais realista de quão arriscado é oferecer crédito a você.

Afinal, imagine por exemplo que você sempre pagou todas suas contas em dia. Contudo, em determinado momento, um imprevisto aconteceu — como um pneu furado — e você teve um gasto maior que fez com que atrasasse alguns pagamentos por alguns dias.

Se somente a parte negativa for verificada, todo seu histórico de bom pagador não fará diferença, e você receberá uma oferta que reflete somente aquele pequeno período em que atrasou algumas contas.

Já com o cadastro positivo aprovado, esse cenário muda e você receberá uma oferta que reflete a realidade do seu perfil financeiro. A sua solicitação de empréstimo pessoal poderá ter mais chances de ser aceiro caso você seja um bom pagador.

Muito mais justo, certo? Por isso, se adiante e faça seu cadastro positivo agora mesmo! Você pode se registrar no site do Serasa de uma vez!