4 dicas para juntar dinheiro para casar e pagar todas as contas

4 dicas para juntar dinheiro para casar e pagar todas as contasCasar é coisa séria, mas é uma decisão que você deve tomar conscientemente. Se você está planejando seu casamento ou pretende começar em um futuro próximo, provavelmente já viu que realizar a festa dos sonhos e montar o apartamento perfeito pode custar muito mais do que esperava.

Mas não é motivo para desespero! Com um pouco de planejamento — e as dicas abaixo —, é possível juntar dinheiro para casar e realizar tudo aquilo com que sempre sonhou. Continue conosco e veja como!

1. Crie uma poupança para ter dinheiro para casar

Um estudo recente mostrou que aproximadamente 65% dos brasileiros não têm reserva financeira. É por isso que, para quem ainda está pensando em como juntar dinheiro para casar, o primeiro passo antes mesmo de ficar noiva(o) é criar uma poupança e colocá-la em ordem.

Como casar é apenas o início de uma maré de despesas que chegam — o casamento, uma casa, bebês etc, ter um fundo de emergência sólido te dará a tranquilidade para não se matar de preocupação mais tarde. O ideal é economizar de seis a nove meses de despesas.

Pode parecer muito, mas você ficará grato por ter tomado o tempo para construir essa base de segurança antes de mergulhar em um noivado. Se você não pode juntar seis meses de poupança, tente pelo menos três, mas depois de alcançar o objetivo, busque aumenta-lo.

2. Saiba o quanto você gasta a cada mês

Uma das coisas mais importantes que você pode fazer financeiramente antes de se casar é fazer uma verificação da realidade dos seus hábitos de gastos. Quem já acompanhou nosso blog já viu dicas de como fazer um bom planejamento financeiro.

Ao fazer um planejamento financeiro regular, conseguimos gastar menos e economizar mais do que nunca. O segredo é que assim você saberá onde seu dinheiro está indo e pode planejar melhor como gastá-lo com antecedência.

O grande objetivo é controlar seus gastos e descobrir onde você pode fazer cortes para juntar dinheiro para casar. Você quer começar sua nova vida juntos de forma positiva, corrigindo hábitos de gastos desnecessários.

3. Considere a situação atual dos seus débitos

Com a família média agora se afundando em dívidas de cartão de crédito, é uma escolha inteligente avaliar sua situação atual de débitos. Se você deve muito no cartão, talvez seja necessário considerar um empréstimo para casar, como falaremos a seguir, para equilibrar as finanças.

Não estamos dizendo que você precisa estar completamente livre de dívidas antes de se casar, mas você deve pelo menos ter um entendimento sobre como equacioná-las..

Estabeleça pequenos objetivos para eventualmente chegar a R$0 de dívida. Se não conseguir, concentre-se em apenas reduzir o valor, pouco a pouco.

4. Faça um empréstimo para casar

Um empréstimo para casar pode ser a solução para quem tem dificuldade com uma ou mais das dicas acima. Com a facilidade que a internet trouxe, é possível pedir o seu sem sair de casa e sem burocracia.

Basta fazer uma simulação online, colocar o valor que deseja junto com o número de parcelas em que pretende pagar, e fazer seu pedido. O processo todo leva no máximo 48 horas e, se aprovado, você terá dinheiro para casar diretamente na sua conta!